Notebook Gamer Alienware 17 R4 – Review – TecMundo

Notebook Gamer Alienware 17 R4

A Alienware tem soluções criativas e hardwares monstros em notebooks preparados pra jogatina pesada. A tradição em design de outro mundo também e marcante e, por isso, a marca virou queridinha dos gamers.
Ela continua na ponta da inovação, com modelos cada vez mais tops, o que fica claro com o novo modelo de 17 polegadas, que chega dando uma investida forte contra a concorrência aqui no Brasil.

O Alienware 17 R4 traz uma configuração muito completa, com direito a processador Intel Core i7, uma placa de vídeo monstra da NVIDIA, muita memória RAM e armazenamento de altíssima velocidade.

É claro que tem muitos componentes que dá pra alterar e o modelo que a gente recebeu já vinha com um bom upgrade. Tá curioso pra saber tudo dessa máquina? Então, vem com a gente!

Design

Bom, não tem como falar de um Alienware sem começar pelo visual. O design deste laptop é muito robusto, com retas bem marcantes e muitos espaços para respiro — também né, com um hardware tão monstro, tem que ter boa ventilação mesmo.

A tampa traz o icônico alienígena e algumas linhas numa composição legal. Nas extremidades, essas barras de luzes deixam o visual bem ousado. Ah, claro que dá pra mudar as cores do alien e dessas barras.

As conexões e saídas de ar na parte de trás ficam em posição estratégica, uma ótima ideia inclusive pra não esquentar muito o teclado e a parte que o jogador tem acesso durante a jogatina.

As laterais do Alienware 17 são bem grossas, mas aí a culpa é do hardware, que necessita de muito espaço. Aqui também tem essas barras luminosas pra você deixar o visual do seu jeito.

A parte interna é bem espaçosa, com direito a área reservada pra teclado numérico e teclas de macro. O teclado com botões de alta qualidade é bem confortável e claro que tem luzes RGB.

O touchpad grandão é bom pro sistema, mas não serve pra jogatina. Ah sim, aqui também dá pra colocar uma cor de fundo. O logotipo da Alienware abaixo da tela fica em evidência e, adivinha só, também tem esquema RGB.

Todas essas cores podem ser alteradas no software próprio da Alienware, com perfis que deixam o notebook bem exclusivo. As cores ficam maravilhosas com o acabamento em tons escuros.

É claro que uma máquina desse porte chama atenção, mas também a proposta também é um tanto contraditória. Afinal, é um notebook gamer de quase 4 quilos e meio, então é difícil carregar ele na mochila. Aliás, tem que ter mesmo é uma mala de viagens com rodinha.

Mas conta pra gente, o que você achou do visual do Alienware 17? Será que ele não é um pouco exagerado nas dimensões?

Tela

É claro que um notebook gamer tem que ter uma tela muito boa pra deixar a jogatina confortável. Nesse ponto, este Alienware é show, já que o display de 17,3 polegadas tem ótimo tamanho.

A resolução Full HD é a configuração padrão e a gente já acha bem satisfatória, mas você pode gastar um pouquinho a mais se fizer muita questão de uma tela com resolução 4K.

O display do Alienware 17 R4 é muito bom, com um balanço legal de brilho e contraste. Só não curtimos muito a taxa de atualização. Os 60 hertz tradicionais já não correspondem legal à experiência de um modelo gamer. Era melhor uma tela com 120 hertz e tecnologia G-Sync.

Fala aí, você acha que um laptop com tela de 17 é muito exagerado? A Alienware mandou bem em manter no Full HD ou já devia vir de fábrica com tela 4K?

Performance

Bom, mas chega de papo e vamos falar do que você quer saber: desempenho. O Alienware 17 que recebemos pra testes veio com Intel Core i7-6820HK, um chip de quatro núcleos e oito threads que trabalha com clock de 2,7 GHz.

Vale a pena?

A gente já tinha curtido muito o Alienware 15 lançado no ano passado, mas o que a marca fez neste modelo de 17 polegadas é ainda mais impressionante.

É um laptop muito bonito e poderoso, mas que não é muito prático, já que é bem pesado e a bateria não aguenta rodar os jogos por muito tempo.

O hardware atualizado é ótimo pra rodar os jogos mais recentes, mas isso também tem um preço. O modelo de entrada custa quase 9 mil reais, enquanto que a configuração que testamos fica por mais de 13 mil reais.

É um valor salgado, mas não está muito caro, ainda mais que tem concorrentes que não têm design e tecnologias tão avançadas e custam quase o mesmo. Então, se você já vai gastar uns 12 mil num notebook gamer, pode ser uma boa ideia pegar logo um modelo mais completo.

CRÉDITOS
Texto: Fábio Jordan
Narração: Guilherme Sarda
Gravação e edição de vídeo: Rodrigo Doze Vana

::http://www.tecmundo.com.br
::http://www.baixaki.com.br




Deixe uma resposta